Acessar o sistema

Email: Senha: Esqueci a senha!

sexta-feira, 23 de março de 2012

Saindo do vermelho

Mude sua vida financeira com o Meu Financeiro MóvelSeja por conta de algum imprevisto que desencadeou uma seqüência de atitudes imediatistas ou por ceder às diversas tentações de consumo do mundo capitalista, podemos acabar endividados, mas não é por isso devemos nos acomodar, até porque, permanecer neste estado pode comprometer totalmente sua vida financeira, fazendo com que as dívidas cresçam exponencialmente e se tornem a famosa “bola de neve”, o que é muito perigoso e descontrolado.

Se esse é o seu caso, não entre em desespero, mas também mantenha-se alerta no sentido de reverter o quadro. Baseando-se nos nos diversos conteúdos que tenho estudado nos últimos tempos, irei indicar alguns artigos e sugerir alguns passos para que possas se organizar melhor e assim conquistar o equilíbrio financeiro.

Inicialmente irei sugerir o excelente artigo "Três coisas que seu consultor financeiro nunca disse sobre estar endividado", escrito por Paulo Ribeiro no blog do dinheirama. Se você está endividado e não sabe o que fazer, entendo que a leitura desse conteúdo será de grande valia. Nele você encontrará uma abordagem diferente da habitual, pois verá uma explanação da dívida do ponto de vista do endividado, levando em consideração as dificuldades de conseguir colocar em prática todos os passos necessários sem desconsiderar problemas como renda insuficiente, corte de supérfluos e qualidade de vida. Oferecendo ainda  potenciais soluções que vão desde formas de aumentar a renda até maneiras de conviver com o consumo regrado.

Mude sua vida financeira com o Meu Financeiro Móvel
Entrando na parte prática, indico agora o artigo "Como negociar suas dívidas", escrito por Rafael Seabra no blog do Quero ficar rico. Nele você descobrirá boas maneiras de negociar suas dívidas, além de dicas sobre o que fazer e o que não fazer quando se está endividado. Verás ainda algumas abordagens do ponto de vista legal para os que já se encontram em situações demasiadamente difíceis.

Após livrar-se das dívidas e buscar novas formas de capitalizar-se, é preciso então alcançar o equilíbrio financeiro, sobre este assunto recomendo o seguinte o post "A importância do equilíbrio na vida financeira", escrito por Rafael Seabra, novamente do blog Quero ficar rico.

Numa sequência de passos, tão importante quanto obter um equilíbrio financeiro, a maneira de pensar e enxergar as finanças pessoais é determinante para o sucesso financeiro. No artigo "Riqueza e qualidade de vida: é rico quem pensa como rico", escrito por Elisson de Andrade no blog dinheirama, você aprenderá a pensar como rico, em outras palavras, compreenderá que se comportar como rico não está necessariamente atrelado a quanto você gasta ou quantos bens você tem adquirido e sim a como você gere suas receitas e despesas e como planeja o futuro. Acho que informações como essas deveriam ser do conhecimento de todos, ou que ao menos fossem tratadas com mais importância, sobretudo pelo sistema educacional brasileiro. Mas isto é assunto para outra postagem, por hora, recomendo a leitura do artigo.

Você pode perceber que todas as dicas acima passam pelo controle financeiro, pois de uma maneira ou de outra é preciso ter ciência de sua situação. E a maneira mais simples e fácil de colocar suas finanças em dia é com o Meu Financeiro Móvel, se você ainda não começou a controlar suas receitas e despesas, inicie agora mesmo, clique aqui para saber como funciona e veja os primeiros passos.

Aproveitando que retornei a postar, gostaria de pedir a opinião dos leitores e usuários do software sobre a remodelagem visual do blog. Críticas e sugestões serão sempre bem vindas.

Gostou do artigo? Compartilhe no facebook e assine nossa newslater (receber atualizações por email).

Agradeço a atenção, grande abraço. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário